Skip to content

Tatiana Ganme da Bébé Sucré

March 16, 2011

Tatiana Ganme: estilista e sócia da Bébé Sucré

Tem perfume francês nesse post. Também não podia ser por menos. A gente estreia a seção “Cabeças criativas” com o perfil da estilista e sócia da marca Bébé Sucré. Tatiana Ganme adora conversar, tem um grande prazer no que faz (dá para perceber na forma como ela nos apresenta suas criações), sabe tudo sobre a história da moda, é apaixonada pela França e pensa nos mínimos detalhes da criação.  Basta bater um papo com ela para perceber que a delicadeza de sua beleza é muito bem conjugada com a agilidade de seu raciocínio e o jeito muito decidido de quem sabe o que quer. A cosmopolita Bébé Sucré tem apenas 1 ano, mas vai longe. Tatiana vai levá-la muito longe!

O que conversamos com ela vocês conferem aqui:

Antes da Bébé Sucré existir, com o que você trabalhava?

Sou formada em Marketing e pós-graduada em Administração. Sempre trabalhei com Marketing em grandes empresas, de alguma forma ligadas à moda e ao design.


De onde veio o desejo de criar uma marca infantil?

Moda sempre fez parte da minha vida, desde muito pequena. Meu marido teve, no Brasil, por 11 anos, a marca francesa infantil Tartine et Chocolat, e mercado infantil sempre me encantou, principalmente quando nasceu meu primeiro filho.  A Tartine encerrou suas operações no Brasil por conta das alterações cambiais que resultavam em um produto muito caro para o mercado infantil. Hoje, que sou mãe de três sei o quanto isso é complicado. Nesse mesmo ano, saí do escritório em que trabalhava e fui estudar moda no Senac,  decidida a criar uma marca infantil feita no Brasil bacana, elegante, descolada, mas com preço de produto nacional. Dois anos depois de muito estudo, pesquisa e viagens, nascia a Bébé Sucré.


O que é fundamental para a criação de moda para criança?

Criança bem vestida é lindo e cada vez mais raro. Fundamental é vestir criança como criança, sem apelos que só fazem sentido no universo adulto.


O desenvolvimento da coleção é pensado para agradar os pais ou as crianças?

Como visto crianças de 0 a 6 anos, com foco principal nos bebês, é natural que seja uma criação para agradar os pais. O jeito que os pais vestem suas crianças reflete como são socialmente e o que querem representar em grupo. E muitas vezes os filhos gostam do que os pais gostam.


Conte um pouco da inspiração para a coleção de inverno. A Bébé Sucré tem sempre uma influência francesa, conta para gente o porquê dessa paixão.

A Bébé Sucré aconteceu depois de 11 anos de Tartine, então é natural que ela descenda de toda essa história, embora seja uma marca completamente diferente. Viajei muito para a França a minha vida toda e tenho uma relação de amor com o país. No caso da moda, adulta ou infantil, a França sempre foi e sempre será a maior referência. Além disso, gosto do jeito europeu de vestir as crianças.  No Brasil, convencionou-se que roupa confortável para criança tem que ser em malha. É um jeito americano de se vestir. Eu não concordo com isso. Acho que não existe nada mais confortável para uma criança do que uma ótima cambraia de algodão.
Essa coleção de inverno foi inspirada na Europa dos anos 60, no clima do pós-guerra, quando tudo voltou a ficar colorido. Essa foi uma época muito importante para a moda. Fiz também uma homenagem a YSL, que abriu sua primeira Maison nessa década. Do universo dele eu trouxe para a coleção os laços, os corações, as cores vibrantes. Tem também uma pitada de pop art, que “explodiu” nessa época, e grandes referências ao “ Le petit Nicolas” ,uma série de livros que depois virou um filme e que se passa também nessa época. Conta a história de um garotinho, travesso e doce, que descobre as delícias e aflições de crescer e é a cara da Bébé Sucré. É uma coleção linda, com modelos sessentinha, com cor e humor, com uma elegância de antigamente…


O que podemos esperar de novidades da marca para esse ano ainda?

Com a coleção de inverno, abrimos dez novos pontos de venda. Agora ficará mais fácil encontrar a Bébé Sucré nas melhores lojas infantis Brasil afora.
Logo mais teremos o lançamento do perfume, uma mistura deliciosa de carambola e limão-cravo, que resultou em uma fragrância leve, unissex e apropriada, inclusive para os recém-nascidos. Além disso, estamos com uma linha de acessórios cada vez mais completa, com fivelas e tiaras lindas para as meninas, cintos para os pequenos, malas de viagem, baby bags, frasqueiras térmicas, nécessaires, almofadinhas, bichinhos em tecido. Tem sempre uma novidade bacana na loja. A ideia é essa.

looks da coleção inverno 2011 da Bébé Sucré

3 Comments leave one →
  1. March 17, 2011 1:26 am

    Ivy querida, obrigada pelas doces palavras! Adorei o Blog, Parabéns!!! Sucesso sempre, já sou sua fã!!!
    Bjs, Tati Ganme

  2. elizabeth chagas permalink
    March 17, 2011 2:48 pm

    é linda demais para ser verdade! Amo……

Trackbacks

  1. Baby Bum: uma feira infantil descoladíssima « Bloguinho

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: